Dicas de como cuidar de orquídeas em casa

Delicadas e coloridas, as orquídeas são uma das plantas mais comercializadas no país. Apesar de serem preferência nacional, na hora do cultivo há quem as considere indecifráveis. Baseie-se nas dicas a seguir para manter seus exemplares sempre saudáveis:

orquidea-lilas

BANHO DE SOL
Elas precisam de muita luz para florescer, mas o sol pleno e direto pode queimar sua folhagem. Procure posicioná-las em um local protegido por tela, cortina, pergolado ou pela copa de uma árvore. Dentro de casa, deixe-a perto de uma janela. Essas medidas protegem a planta da incidência direta do sol, mas garantem que ela receba boa iluminação

BELEZA COM CONTEÚDO
Não se esqueça de acrescentar à planta uma mistura de nó de pinho, carvão vegetal e cascas de madeira. Além de decorar, esses substratos conservam a água no vaso por mais tempo. Em caso de ambientes muito secos, vale acrescentar um pouco de musgo, que manterá o substrato úmido por um período mais longo. Lembre-se de trocar o substrato a cada dois anos, pois o material entra em decomposição e pode comprometer a saúde da planta.

ÁRVORES AMIGAS
Grande parte das orquídeas é epífita, o que significa que elas usam o tronco de árvores como apoio para se desenvolver. Fique tranquilo: essa relação é benéfica para as duas plantas. O primeiro passo é escolher bem a árvore. Esqueça as espécies com tronco descamante, como pau-ferro e jabuticabeira, e evite árvores com copas muito densas, como a mangueira, ou que percam todas as folhas, como o jasmim-manga. Depois, retire a orquídea do vaso e remova boa parte do substrato. “Uma dica interessante é colocar um pouco de musgo envolvendo as raízes para manter a umidade. Para prendê-la ao tronco da árvore, use uma meia-calça ou um barbante de algodão”, explica Sergio. Lembre-se: orquídeas presas à árvores não precisam de adubos nem de regas.

COMBATE ÀS PRAGAS
O aparecimento de pequenas manchas na folhagem pode indicar o ataque de pragas. Lave bem as folhas e raízes e borrife nas folhas uma combinação de detergente líquido diluído em água. Se a infestação for grande, esfregue o sabão puro, sem diluir, com o auxílio de uma escova de dente. Depois, deixe a orquídea por 24 horas na sombra, lave novamente com água e mude-a de vaso.

CARA-CRACHÁ
Para facilitar os cuidados, compre uma plaquinha de identificação e escreva nela o nome da espécie. Anote também o período de sua última floração. A seguir, os mais conhecidos gêneros.

Fonte: Revista Casa e Jardim.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s